Organização do trabalho escolar e gestão diferenciada do currículo e da avaliação no Ensino Artístico Especializado da Música: o saber em ação

PrintPrint

Enquadramento
"A valorização profissional dos docentes através da formação contínua pressupõe a concertação de esforços de todos os intervenientes, com particular realce para o estabelecimento de parcerias entre entidades formadoras, nomeadamente entre entidades responsáveis pela formação inicial e pela formação contínua”. Esta ação insere-se, pois, no âmbito do plano de atividades da EA, Católica Porto, concretizado através da consultoria científica e pedagógica às escolas e agrupamentos, nos campos organizacional, pedagógico, avaliativo e formativo, potenciando, ainda, a investigação aplicada em educação artística, realizada no âmbito dos CITAR e do CEDH, contribuindo para a capacitação e desenvolvimento de modelos alternativos de formação estética e artística dos profissionais de educação em contexto de trabalho, e para o cumprimento dos objetivos estratégicos da Educação 2030.

 

Objectivos
Contribuir para a satisfação das prioridades formativas dos professores de música, tendo em vista a concretização dos projetos educativos e curriculares das escolas a que pertencem;
Introduzir na cultura escola modelos alternativos de trabalho colaborativo baseados na intervisão entre pares multidisciplinares, como estratégia de desenvolvimento profissional.
Construção de um referencial curricular orientador para a operacionalização das aprendizagens essenciais expressas na tríade de elementos — conhecimentos, capacidades e atitudes - nas disciplinas da componente artística.
Produção de um quadro de orientação curricular base para a planificação, gestão e avaliação do ensino e da aprendizagem, e desenvolvimento das áreas de competências inscritas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade;
Elaboração e implementação de projetos de intervenção pedagógica e de inovação curricular de carácter interdisciplinar;
Promover uma avaliação formativa do desempenho dos professores da instituição de ensino artístico, através da construção do e-portefólio

 

Modelo Pedagógico
Métodos ativos centrados na apresentação, exploração e integração dos temas propostos, tendo por base a (eventual) experiência do participantes nas áreas do curso e as suas próprias expectativas e necessidades de aprendizagem. Levantamento de questões problema no campo específico do ensino AEM. Construção de respostas pedagógico-didáticas mais adequadas aos problemas e constrangimentos identificados pelos participantes, no domínio da gestão curricular e da avaliação. Análise e discussão de estudos de caso ligados a prática pedagógica dos participantes. Leituras com questões para reflexão/ Interformação /recensão crítica. Exposição e debate. Leitura orientada. Reflexão e pensamento crítico. Interformação, formação entre pares e trabalho colaborativo. Análise de estudos de caso e de boas práticas.

 

Avaliação
Construção do e-portefólio reflexivo de desenvolvimento profissional. Participação nos momentos presenciais, elaboração, exploração e aprofundamento de um tema e conceção de um projeto de intervenção de melhoria, centrado na escola, apresentado em seminário final.
Classificação de 1 a 10, de acordo com o ECD e orientação conjunta do CCPFC e da DGRHE: Excelente – de 9 a 10 valores; Muito Bom – de 8 a 8,9 valores; Bom – de 6,5 a 7,9 valores; Regular – de 5 a 6,4 valores; Insuficiente – de 1 a 4,9 valores
 

Área de Estudos: 
Artes
Grau de Ensino: 
Formação Avançada
Campus: 
Campus Foz
Destinatários: 

Professores de música do ensino especializado de música (secundário);
Músicos

Horários: 

25 horas

Propinas: 

150€

20 Vagas

Coordenação: 

Coordenação geral: Sofia Serra
Coordenação curso: Luísa Antónia de Vila Fernandes Orvalho

Contactos: 

Estudos Avançados e Formação
Tel: 22 619 62 02 / 43
formacao.avancada@porto.ucp.pt

Universidade Católica Portuguesa
Rua Diogo Botelho, 1327 | 4169-005 Porto